Pulsações

[Pulsações Na criação das linhas Entrelaçadas No nosso sentimento Traço magia nos Cenários Plenos momentos.]

Aconchego Palavras

[No mais recôndito lugar Ter sede de abraçar O teu sorriso Alcançar O que vês, Tinta que escorre da alma Aconchego palavras Tons e cor.]

Instante Perdido

[Instante perdido Traços de um caminho Desafios de memória Paixão de sentidos Acarinhado Constante serenidade.]

Na Melodia da Estação

[Ramos erguidos Misteriosa forma Vive ancorada Pela força de colorir Na melodia da estação.]

Encantos em cada dia

[Encantos Reencontrados Sentimento mesclado Tu, serena alma Pintas de contraste Cada dia A mais bela das pétalas.]

Liberto Sensações

[Entre sombras E linhas Liberto sensações Ousado desejo Cria Além do horizonte.]

Terno de Saudade

[Cada forma despida Aguarda novo rosto Colorida vida Crer em ti Terno de saudade Sensação da natureza.]

Encontro de Sentidos

[Cada instante Cada momento Sereno fico Ao teu lado Perspectivas ousadas Encontro de sentidos Alegre memória Brotar novos alentos.]

Sentido Refletido

[Sentido refletido Arde em tons de ternura Infinito amor Percorre com alma Flui com palavras Sussurra: – O que dou a ti? Simplicidade. Cada pétala, cada forma de vida Cúmplice do meu sonho.]

Primavera

[Recorda-me Contos de primavera Cheiros de cores Cantos de sabores Renascer Infância Efervescente liberdade Soltam-se sentidos Cada instante conta.]

Criar com Desejo

[Alma sentida Pintas de cor Paixão Crias com desejo Despertas vontade Sempre Escreves amor Com tons delicados Acorrenta-me neste Divino sonho.]

Imensa paisagem

[Entre cores E contrastes Encontro-te Tens o sabor a história de gentes E o cheiro a rastos de memórias Abraças imensa paisagem Traças contornos Delicadas Sensações.]   A caminho de Monsanto, março 2016